top of page
Buscar

3 lições de Van Gogh para o futuro de sua carreira



Você provavelmente já viu o quadro "A noite estrelada" em algum lugar (imagem abaixo). Van Gogh produziu essa obra de arte em 1889.


Mas esse quadro só foi criado por conta do avanço de uma tecnologia que começava a se tornar a grande ameaça aos pintores da época: a fotografia.


Os artistas tiveram que se reinventar para continuar a ter relevância em um mercado que estava se transformando. O resultado: as pinturas passaram a ser mais subjetivas e abstratas.

Van Gogh faleceu aos 37 anos e vendeu apenas uma de suas pinturas em toda a sua carreira. Hoje, "A noite estrelada" é a 3a obra de arte mais visitada em todo o mundo. Há alguns anos, seu valor foi estimado em US$ 2,5 bilhões.



E QUAIS LIÇÕES QUE PODEMOS TIRAR DESSA HISTÓRIA?


LIÇÃO 1: As mudanças nem sempre surgem no mercado em que atuamos.


Muitas vezes a ameaça e as novas oportunidades não surgem exatamente em nosso mercado. Elas surgem de empresas e coisas que estão acontecendo FORA de nosso mercado.


A Nokia perdeu o seu reinado para a Apple, que era uma fabricante de computadores.


O grande concorrente da Netflix hoje não são apenas os outros serviços de streaming. Sua grande concorrente é o tempo que as pessoas passam nas redes sociais.


Da mesma forma que na época de Van Gogh a fotografia era uma nova tecnologia que desafiava a atuação dos artistas, inúmeras profissões e organizações hoje precisam se adaptar por conta das mudanças que estão acontecendo na sociedade...

A forma de influenciar e mobilizar pessoas.

O modelo de gestão e novos formatos de trabalho.

A forma de se comunicar, influenciar e de aprender.


LIÇÃO 2: MUDANÇA DE MODELO MENTAL


Apesar de ser considerada hoje uma obra-prima, Van Gogh considerava que "A noite estrelada" era um fracasso exatamente por não retratar a realidade.


Mesmo tentando fazer algo diferente, o seu modelo mental ainda focava no que era sucesso no passado - e não no futuro.

O clássico caso do modelo mental fixo definido por Carol Dweck em seu best-seller "mindset".


LIÇÃO 3: SABER VENDER MUITO BEM O SEU PEIXE.


Van Gogh investiu tempo e energia em sua carreira e em aprender coisas novas. Mas vendeu apenas um quadro em toda a sua vida.


O fato é que, mesmo sem perceber, estamos vendendo o tempo todo: Uma ideia. Um produto. Um projeto. Um serviço.


Até quando você está em busca de uma nova oportunidade no mercado, você está vendendo as suas competências.


______


No final das contas, se o que você faz hoje é muito parecido com o que você tem feito nos últimos anos, olhe a seu redor. Observe as oportunidades e ameaças. Observe o que você pode começar a fazer de diferente.


Cuidado para não se tornar um expert em conhecimentos, modelos e negócios que funcionavam no passado, mas que não vão lhe credenciar para criar o futuro.


O futuro da sua carreira depende disso.


Um abraço e até a próxima!

 

Se você curtiu esse post, você também irá curtir esses aqui:


Carreira: o que você faz hoje é o que você estará fazendo em 2030?

Clique aqui para acessar o post completo.


Funcionários "bumerangue"​: aprendizados para empresas, líderes e profissionais

Clique aqui para acessar o post completo.


Sua empresa não tem plano de carreira? Que bom!

Clique aqui para acessar o post completo.



 

Não perca mais nenhum post da FUTURO S/A

Clique no botão abaixo e receba os posts em seu email.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


FALE CONOSCO

Obrigado pelo envio!

bottom of page