4 insights para reinventar a sua organização em tempos de crise



TRANSFORMAÇÃO. Essa provavelmente foi a palavra mais ouvida em apresentações nas empresas nos últimos anos.


Mas o cenário atual forçou a todas as empresas, independente do seu tamanho e segmento, a tirar as palavras e planos do Powerpoint.


O contexto de negócio está pedindo ação.


Mas... o que fazer?

Seguir para qual direção?

Mudar o quê no modelo de negócios?


E os canais de venda? O que precisa mudar? No que a sua empresa precisa passar a ser muito boa em fazer e ainda não faz hoje?


Abaixo, compartilho com vocês algumas reflexões para reinventar a sua empresa em tempos de crise. Você vai observar que a maior parte das ideias são extremamente simples.


Mas uma das coisas que aprendi na carreira como Executivo nos últimos 20 anos é que, em momentos de crise, criar soluções reais que realmente geram resultados é mais importante que inventar ações complexas e mirabolantes.


Vamos lá?


1. Identifique claramente quais são os problemas que as pessoas estão precisando resolver hoje.


Nesse cenário que estamos vivendo as necessidades das pessoas mudaram. Muitas estão focando naquilo que é essencial para a sua sobrevivência.


Se o seu negócio é voltado para pessoa física, busque mapear os 5 principais problemas que as pessoas precisam resolver.


Se o seu negócio é voltado para outras empresas, coloque-se na pele dos sócios ou do time executivo dessas empresas. Identifique os 5 principais elementos que estão tirando o sono dessas pessoas para manter a empresa de pé.


2. Faça um 'match' entre as soluções que a sua empresa oferece e as necessidades atuais das pessoas.


Faca uma lista de todas as soluções que a sua empresa oferece. E tente fazer um 'match' entre essas soluções e os problemas que os seus clientes, em geral, vão precisar resolver nas próximas semanas.


Se a sua empresa não tiver nenhum produto que consiga eliminar ou aliviar essas dores, você tem, por exemplo, duas alternativas:


a. Criar novos produtos e serviços para esses clientes: de preferência, algo que você possa criar e executar rapidamente.