5 perguntas sobre o Futuro para Cezar Taurion



Nesta 3a entrevista dessa temporada da série "5 Perguntas sobre o Futuro", tenho o prazer de compatilhar o registro desse papo virtual com o Cezar Taurion.


O Cezar é Partner e Head of Digital Transformation da Kick Corporate Ventures e presidente do i2a2 (Instituto de Inteligência Artificial Aplicada).


Tive o prazer de conhecer o Cezar em um painel em que debatemos sobre o Futuro dos Negócios e do Trabalho.


É um estudioso da área de tecnologia desde o final da década de 70. Foi Diretor de Novas Tecnologias Aplicadas e Chief Evangelist da IBM Brasil, além de ter sido sócio-diretor líder da prática de IT Strategy da PwC.


É Mentor e Investidor de Start-ups, Professor, Autor de livros...


Nesse papo, falamos, entre outras coisas, sobre:


  • As principais dificuldades que Líderes e Executivos estão tendo nesta Era Digital.

  • O perfil das organizações que estão tendo sucesso neste cenário de transformações.

  • O Futuro do Trabalho.


1. Cezar, ao longo da sua carreira, você já passou por diversas transformações no mundo corporativo. Quais são as coisas que estão acontecendo de forma totalmente diferente de tudo que você já viu antes na sua carreira?


Comecei na época de ouro dos mainframes, com IBM 360/370. Programando Cobol e Assembler.


O uso da computação era restrito, pois o acesso era feito via terminais que ficavam nos escritórios. Só no trabalho podia-se usar computadores e apenas para tarefas profissionais.


Passei por várias mudanças tecnológicas, como o advento dos mini computadores, o PC e mais recentemente o smartphone. O que vejo hoje é uma mudança muito mais acelerada que qualquer outra.

A velocidade com que as tecnologias surgem e provocam mudanças é fantástica e continua acelerando. A exponencialidade faz parte de nossa vida. E é um desafio!


Compreender uma função exponencial, quando pensamos linearmente é algo muito difícil. Embora a sociedade humana sempre tenha passado por transformações, a que vivemos hoje é a mais acelerada e intensa que já aconteceu. E ainda nem começou! E, sabe, fico feliz em poder participar deste momento!