Você e sua equipe estão trabalhando naquilo que realmente precisa ser feito?



Será que tudo que você faz no seu trabalho é o que realmente precisa ser feito por você e por sua equipe? Será que o seu tempo e sua energia estão sendo dedicados ao que realmente importa?


Em algumas das empresas que atuei vi áreas e profissionais de todos os níveis com páginas e páginas de "objetivos". Coloco entre aspas pois esses objetivos, na verdade, não eram objetivos.


Um olhar mais detalhado mostrava claramente que aquelas páginas eram, na verdade, um relatório detalhado de diversas atividades que deveriam ser realizadas. E o pior: essas atividades não estavam conectadas a nenhum objetivo concreto ou a resultados mensuráveis.

Esse é um tema que ganha importância em especial nesse momento de trabalho 100% virtual pois precisamos cada vez mais de FOCO naquilo que realmente importa.

Ainda é comum vermos nas empresas metas bastante subjetivas. Metas em que não há clareza sobre os resultados que a área deseja atingir. Ou quando essa meta precisa ser realizada.


Algo que sempre que trabalhei bastante com as equipes que já liderei na minha carreira é que qualquer objetivo que iríamos traçar precisaria considerar 3 elementos mínimos:


AÇÃO + MEDIDA + TEMPO


AÇÃO: É sobre o que desejamos realizar, atingir ou conquistar.

MEDIDA: É sobre como vamos medir o resultado dessa ação.

TEMPO: É sobre quando vamos atingir esse resultado.


Para ficar bem claro, vamos analisar um exemplo fora do mundo corporativo.


Vamos imaginar que nossa equipe seja a representante do Brasil nas próximas Olimpíadas no Revezamento 4x100 feminino. Vamos considerar que nosso objetivo seja ganhar uma medalha para o Brasil.


Como traduzir isso em um formato que essa equipe possa realmente acompanhar a sua evolução até a conquista desse objetivo?



Em toda a história, esses foram os 5 melhores resultados nessa prova mundialmente:


Melhor tempo (recorde mundial): 40,82s