Gerando resultados reais em treinamentos virtuais



Muitas empresas têm buscado manter de alguma forma suas ações de treinamento e desenvolvimento nesse período de pandemia. Webinars e Lives têm sido a saída mais comum. Mas como fazer com que essas ações realmente gerem resultados?


Apesar das limitações das ações virtuais, é possível ir além de saber se as pessoas curtiram o treinamento.


Seguem algumas boas lições que temos obtido em projetos com nossos clientes e que podem ser úteis para você gerar resultados em suas ações virtuais de treinamento.


1. Muito cuidado com as ações aleatórias


Liderança Remota.

Comunicação.

Protagonismo.

Engajamento.

'Novo normal'.


O que não faltam são temas para serem compartilhados com os Líderes e suas Equipes nesse período.


Trazer speakers e líderes de renome para falar com os profissionais da sua empresa pode gerar um impacto positivo para as pessoas, mas como essas ações se conectam?

É legal saber que as pessoas curtiram uma live ou um Webinar, mas pare para refletir por um instante e responda as perguntas abaixo:


A. Quais os resultados que você quer atingir ao realizar essas aćões?

B. Como você mede esses resultados em números?


Ter uma quantidade enorme de ações pode mostrar que o RH está tendo bastante trabalho. As pessoas podem gostar da live. Elas podem curtir o Webinar.


Mas será que essas ações estão gerando resultados que as pessoas e a empresa precisam?


2. Saiba onde você quer chegar antes de agir




O vídeo acima é bem interessante para refletirmos sobre as consequências de fazermos as coisas de forma super rapida, mas sem termos a direção, sem sabemos onde precisamos chegar.


Apenas para deixar esse conceito mais concreto, vamos a um exemplo real: essa semana finalizamos um trabalho muito bacana com um cliente: a criação da Estratégia e do Desenho de um Programa de Desenvolvimento para Líderes 100% Virtual e Online.


Para criar essa Estratégia e o Desenho do Programa, apenas 40% do tempo foi dedicado às ações e metodologias que serão realizadas no programa. A maior parte do tempo (60%) foi investida na conexão do Programa com a Estratégia do Negócio e nos Resultados que o Programa precisará gerar.

Tudo com indicadores claros de resultados. VEJA: nós sequer entramos em detalhes do conteúdo porque já está super claro o que precisa ser feito para atingir os objetivos.


E tudo isso foi cocriado em apenas 5 sessões de 2 horas com as líderes de RH.


O principal benefício é que o Time Executivo e a Organização percebem que há algo realmete estruturado desenhado para gerar impacto no desenvolvimento das pessoas e produzir resultados concretos para a empresa.


3. A importância do QUEM e do PORQUÊ


Dois pontos importantes aqui:


  • Por que você vai investir tempo, recursos e energia das pessoas para realizar essa ação? Isso está claro para todos? Qual é o porquê? Como você vai mostrar esse porquê de uma forma que os participantes tenham o desejo de participar?

Um elemento interessante aqui que poucos valorizam ao comunicar o porquê e criar o desejo das pessoas participarem: o impacto do design e do visual das suas ações. É impressionante o impacto de atratividade, de criação de identidade do programa e, em especial, para garantir o entendimento de todos sobre o que você esta fazendo. Fica a dica: invista em design!


  • Quem é o público-alvo dessa ação? Se a resposta for todos, pode ter certeza que uma parte do grupo não terá interesse ou perderá interesse durante a sessão.


Toda vez que qualquer ação é feita para um grupo muito heterogêneo, você precisará fazer uma escolha: juniorizar ou seniorizar a sessão. A partir do momento que essa escolha é feita, uma parte do grupo se perde. Por isso, definir claramente o público-alvo contribui bastante para que você atinja os resultados que você precisa.


4. Metodologias e Formatos


Apesar da quase 100% das ações serem webinars ou lives, o ponto é que há outros formatos para que as ações não fiquem repetitivas. A variação de metodologias é essencial e a escolha da melhor opção vai depender do tipo de conteúdo, do perfil do público e dos resultados que você quer conquistar. Mas as possibilidades são diversas.


Por exemplo: na Estratégia e Desenho do Programa de Líderes que mencionei no inicio do post há uma gama de iniciativas.


Esse programa já foi desenhado para ser executado dentro do cenário que temos hoje: de forma 100% virtual, online e super conectado com a prática. Além de simulações com desafios reais e projetos com os clientes, contará com a participação ativa dos principais executivos da empresa (inclusive como facilitadores) e de líderes de outras empresas de diferentes segmentos. Tudo sendo realizado com diferentes metodologias e formatos.

__________


Bom, dá para escrever diversos outros elementos que levamos em consideração para criar ações de desenvolvimento que geram resultados. Não é algo ultra complexo de se fazer e o fato é qque depois que nossos clientes aprendem a lógica, nunca mais conseguem fazer de outra maneira.


Se você quiser conhecer alguns cases, é só clicar aqui.


Muito sucesso na sua jornada de criação!

E se precisar saber mais e bater um papo sobre o assunto, é só falar com a gente!


Grande Abraço e até a próxima!

Não perca mais nenhum Post da Futuro S/A!

Se você curtiu esse post, assine a Newsletter da Futuro S/A para receber os novos posts diretamente em seu email. É super simples! Basta clicar aqui e registrar seu email.


Já leu o nosso Livro?

Segue o link para você conhecer mais. Ah! E você também pode fazer o download gratuito das primeiras páginas!

www.futurosa.com.br/livro



FALE CONOSCO

Todos os direitos reservados © 2019-2020

FUTURO S/A

  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Spotify ícone social