O RISCO de se tornar um "Humano-Robô"



Faça uma análise sobre o seu dia de trabalho.

Repare se o seu dia é muito parecido todos os dias.


Perceba se você se vê seguindo um roteiro (mesmo não tendo um formalmente).


Observe se você atua com soluções que já existem - onde você só executa as tarefas.


Qualquer atividade mais previsível, rotineira é passível de ser automatizada nos próximos anos.


Na verdade, já é uma atividade automatizada.

Só que (ainda) é desempenhada por uma pessoa.


É algo cruel, mas já é e será a realidade nos próximos anos.

Isso aconteceu com outras atividades ao longo dos anos na Agricultura, na Indústria...


Busque se desenvolver em atividades que combinem pensamento crítico, criatividade, inovação... e que se conectem com as novas tecnologias.


Abra a mente para novos formatos de trabalho que vão além do emprego tradicional.


A forma de trabalhar já está em transformação.

E vai se transformar ainda mais.


Profissões mudam.

Outras desaparecem.

Outras surgem.


Não entre no piloto automático.

Não faça as mesmas coisas todos os dias.


Pense de forma diferente.

Questione. Questione-se!


Fique atento às mudanças e foque no que você tem controle:

No seu desenvolvimento e na sua carreira.


Não se torne um Humano-Robô.



***


Não perca mais nenhum Post do Futuro S/A!

Se você curtiu esse post, assine a Newsletter da Futuro S/A para receber os novos posts diretamente em seu email. É super simples! Basta clicar aqui e registrar seu email.


Todos os direitos reservados © 2019-2020

FUTURO S/A

  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon