Para inovar, o desejo de criar deve ser maior do que o medo de falhar



Você está naquela reunião. De repente, surge aquela ideia espetacular. Um insight para criar uma mega oportunidade na sua empresa.


A ideia vai se desenvolvendo na sua cabeça. Você vai ficando cada vez mais entusiasmado. Começa a rascunhar possibilidades em suas anotações.

Tudo vai ficando mais claro...

O impacto nas áreas, nos processos, nos clientes, nas vendas...

Mas você se recorda de que talvez seja melhor não apresentar a ideia.


É uma ideia com potencial de trazer grandes resultados, mas é muito disruptiva.

Quebra paradigmas demais.

Daí, você se lembra da reação das pessoas à outras ideias que surgiram antes... Para. Repensa.

Após idas e vindas na sua cabeça, você decide que talvez seja melhor mesmo não apresentar a ideia.


Toma seu café. E aí conclui que é "melhor" voltar para a "realidade".



Essa é uma história fictícia, mas e se esse comportamento for constante na sua empresa?

Quantos problemas seus clientes deixarão de resolver?

Quantas soluções deixarão de ser criadas?


Ideias inovadoras são sementes com potencial de gerar alto impacto em qualquer negócio. Mas, para isso acontecer, é preciso dar espaço para as ideias.

O iPhone não teria sido criado sem diversas ideias loucas que, combinadas, revolucionaram o mundo. O streaming não teria sido desenvolvido sem pessoas dando ideias.


Para criar uma cultura de inovação, você não precisa criar uma área de inovação. Para inovar, você precisa criar uma cultura onde o desejo de criar seja maior que o medo de falhar.

Esse DNA precisa estar presente em todas as áreas. A inovação não precisa ser apenas disruptiva. Ela também pode ser incremental. Ela pode aperfeiçoar produtos e processos.


Como líder, é sua missão dar espaço para que as ideias fluam e se desenvolvam em suas áreas.


Como profissional integrante de um time, é sua missão mostrar para a organização POR QUE aquela ideia é importante, QUAIS problemas ela pode resolver, COMO ela pode ser desenvolvida e o QUE pode ser feito considerando os recursos que você possui.

Se o medo de falhar for maior que o medo de criar, por mais que se fale em inovação, a sua organização terá muitos desafios para inovar de verdade.

Um abraço e até a próxima! :-)

André Souza

 

André Souza é fundador da FUTURO S/A. Ao longo de mais de 20 anos, atuou como Executivo de RH liderando equipes e projetos na América Latina, EUA, Europa e Ásia em grandes organizações como Bayer, Coca-Cola Company & Nokia.

 

Se você curtiu esse post, você também vai curtir esses:



0 comentário

FALE CONOSCO

Obrigado pelo envio!