Parte 2: Tendências que já estão criando o futuro dos negócios e das empresas



Nesse post, você vai conferir a 2a parte das tendências que já estão criando o futuro dos negócios, das carreiras e das empresas.


Se você não leu a 1a parte, recomendamos que você clique aqui para conhecer as 5 primeiras tendências que compartilhamos:


1. De 9-6 para 3-2-2.

2. Lifelong work.

3. O futuro sendo moldado por outros mercados.

4. A ascensão dos 'solopreneurs'.

5. A escassez de talentos digitais.


Tendência 6: Um novo RH para uma nova era.



Não é novidade pra ninguém que a transformação na forma de fazer negócios fez com que empresas de todos os segmentos começassem a buscar novas formas de atuar e operar. Isso se intensificou ainda mais após o início da pandemia.


Apesar de cada segmento ter sua peculiaridade e cada organização estar em diferentes momentos de maturidade, existe algo em comum entre todas essas empresas que desejam se transformar.

Todos os CEOs e Executivos sabem que apenas conseguirão realizar as transformações em seus modelos de negócios e na sua forma de operar através das PESSOAS.


Mudar a forma de atuar do RH é urgente para que a área mantenha e amplie sua relevância nesse processo de transformação das empresas. A Soraya Bahde, que lidera o RH na Alelo, tem uma ideia interessante sobre esse novo RH:


Muitas vezes, o RH fica preso na execução de processos operacionais – o que é uma armadilha criada pela própria organização, que subdimensiona ou junioriza a área de Recursos Humanos. Para ter este foco estratégico, é preciso trazer para a equipe pessoas com outro perfil: que olhem para tendências, entendem o negócio, desafiam o mindset atual. Nesse cenário, destaco três habilidades principais: conhecimento do negócio, atuar promovendo transformação e poder de influência.

Se você quiser saber mais sobre esse novo RH, compartilhei há algumas semanas por aqui 3 posts interessantes sobre o assunto:


Um novo modelo de RH para empresas de uma nova era

Clique aqui para acessar o post completo.


Conheça o maior gap do RH (de acordo com o próprio RH)

Clique aqui para acessar o post completo.


16 sinais que o seu RH precisa realizar uma transformação

Clique aqui para acessar o post completo.

Tendência 7: Liderança 360o



Com estruturas mais horizontais e modernas nas empresas, teremos cada vez mais oportunidades para líderes de verdade. Líderes que não são líderes por conta de um cargo com nome bonito.


Líderes reconhecidos por qualidades que não tem nada a ver com posição, título ou cargo. Líderes que lideram em 360 graus:


  • Líderes reconhecidos pela sua capacidade de pensar estrategicamente.

  • Pela habilidade de questionar o status quo. De cocriar a visão de uma organização com outras pessoas.

  • De dar um sentido a tudo que fazemos diariamente.

  • De influenciar pra todos os lados: pra cima, pro lado, pra baixo, pra dentro e pra fora.

  • De estar aberto ao novo, de colaborar e celebrar as conquistas.

  • E, principalmente, na sua capacidade de inspirar. Inspirar será cada vez mais o diferencial dos líderes daqui pra frente. Inspirar as pessoas a terem mais curiosidade.

Inspirar as pessoas a desejarem saber mais e mais sobre os desafios do negócio. Inspirar as pessoas para transformar conhecimento em ações práticas. Inspirar as pessoas a fazer mais e melhor.

Nunca houve tantas oportunidades para a liderança nas organizações como teremos nos próximos anos. Só não espere um cargo ou um título. Não será isso que vai transformar você em um verdadeiro líder nos próximos anos.

Tendência 8: "Total Experience"



Nos últimos anos, vimos diferentes áreas nas empresas trabalhando com conceitos que apesar de parecerem próximos atuavam de forma isolada e não estavam interligados dentro das próprias empresas.


CX (Customer Experience)

UX (User Experience)

EX (Employee Experience).


Praticar de forma exemplar cada um desses conceitos pode gerar benefícios para qualquer empresa. Mas imagine o impacto de uma estratégia integrada que envolva objetivos comuns e a visão de futuro da empresa.


Fica muito difícil para outras empresas copiarem uma combinação de estratégias interconectadas a um objetivo comum.


Quer ver um exemplo claro para a situação que estamos vivendo?


Em um projeto que estamos trabalhando com um cliente, essas ações já estão sendo revisitadas de forma integrada. Tudo começou com o plano para transformar a forma de trabalho na empresa em um modelo híbrido (outra tendência que já compartilhamos nessa série). O projeto iniciou com foco no "Employee Experience". Mas as perguntas, na sequência, acabaram trazendo a necessidade de ter um debate mais ampliado: o impacto no cliente. Veja:


E em um modelo de trabalho híbrido, como fica a experiência do cliente?

Como fica a experiência de quem utiliza nossos serviços no dia a dia?

O que precisamos mudar em nossos processos e no trabalho das pessoas?

O que precisa ser alterado no ambiente físico?

Quais as tecnologias que serão necessárias?


Pensar todas essas experiências de forma integral envolve também pensar a organização de forma menos vertical e mais horizontal. Afinal, um trabalho como esse demanda a conexão de profissionais de diferentes áreas e especialidades: Marketing, RH, Operações, IT, Vendas, etc.


E é um trabalho que mexe, na essência, com a Cultura da empresa. Trabalhar de forma integrada a experiência de funcionários, clientes e usuários mexe com a Cultura e com a marca da empresa no mercado.

Confira as partes 3 e 1 das tendências:


Parte 3: Tendências que já estão criando o futuro dos negócios e das empresas

Clique aqui para acessar o post completo.


Parte 1: Tendências que já estão criando o futuro dos negócios e das empresas

Clique aqui para acessar o post completo.




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

FALE CONOSCO

Todos os direitos reservados © 2019-2021

FUTURO S/A

  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Spotify ícone social