Porque Amazon, Netflix e Apple vão muito além de "FOCAR no CLIENTE"



Se tem um termo badalado no mundo corporativo é o "Foco no Cliente". É a coisa mais rara do mundo você abrir uma revista, um livro ou assistir uma apresentação sem que o "Foco no Cliente" não esteja presente.


Não acho isso ruim. Acho ótimo. Afinal, apesar de muita gente estar falando sobre isso, há ainda poucas empresas fazendo isso de forma estruturada e com resultados.


Porém, se observarmos as empresas que têm se destacado nesse tema, a gente pode observar uma cultura e uma estrat~egia em comum entre elas.


Elas vão muito além. Essas empresas descobriram algo ainda mais poderoso do que "FOCAR NO CLIENTE".


Elas transformam a abordagem tradicional de Focar no Cliente em OBSSESSÃO PELO CLIENTE.


Veja. Não é foco no cliente.

É OBSSESSÃO PELO CLIENTE.


E qual então a diferença, na prática?


Nir Eyal, que foi VP da Netflix, descreveu em um texto bem bacana no Medium sobre o que ele chama de OBSSESSÃO pelo cliente.


Lá, ele descreve uma série de exemplos de como tudo isso é feito na Netflix.


Mas, uma coisa que me chamou a atenção é um quadro que compara ~Customer Focus' e 'Customer Obssession'.


Dá uma olhada no quadro abaixo. Perceba que a OBSSESSÃO PELO CLIENTE leva sua área e a sua organização para outro patamar.