Sinais do Futuro: Longevidade e seus impactos para a sua carreira



#SinaisDoFuturo Pela 1a vez na história, o número de mulheres empregadas com idades entre 60 e 64 anos no Reino Unido é maior do que o das economicamente inativas.


Outra: aos 97 anos, John Goodenough ganhou essa semana o Prêmio Nobel por seu trabalho pioneiro com baterias de lítio.


Esses são alguns exemplos que mostram o impacto da longevidade na sociedade. Vivendo mais, nossas carreiras serão mais longas. E isso vai demandar uma nova visão para empresas e pessoas sobre esse tema.


O fato é que muita gente ainda não está preparada para esse cenário. Há diversas opções mas, basicamente, teremos que optar por, pelo menos, um dos três caminhos abaixo:


1) Construir uma carreira que permita que se trabalhe por mais tempo.

2) Guardar uma parte significativa da renda em toda a sua vida útil para o momento em que você não houver mais condições de trabalhar.

3) Considerar maneiras de reduzir o consumo e viver de forma mais simples.


Tem um post completo aqui no Blog sobre o assunto: "Qual será o seu trabalho aos 60 anos?" http://twixar.me/2R61


Todos os dias, sinais do futuro pipocam na nossa frente. Esse é apenas um deles. Ao longo das próximas semanas, compartilharei mais por aqui.


www.futurosa.com.br




________________________


Não perca mais nenhum Post da FUTURO S/A!

Se você curtiu esse post, assine a Newsletter da Futuro S/A para receber os novos posts diretamente em seu email.


É super simples!

Basta clicar aqui e registrar seu email.


Siga a FUTURO S/A também no INSTAGRAM:

www.instagram.com/futuro_sa

Todos os direitos reservados © 2019-2020

FUTURO S/A

  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon